quinta-feira, 1 de maio de 2008

Borges do São Paulo de "saco cheio"

O atacante do São Paulo deu uma declaração ao desembarcar no aeroporto após o empate do time com Nacional do Uruguai:


"Isso me estressa. Tem gente falando e nem entende de futebol. Era só olhar minha movimentação, de onde eu vinha. Tiveram outros que perderam chances mais claras do que a minha. Mas como é o Borges, tudo é mais difícil para mim no São Paulo". "Estou de saco cheio."


Realmente não é fácil a pressão que os atacantes recebem para que façam gols nas partidas, se não fazem são chamados de incompetentes, "perna de pau", etc.

Os jogadores treinam, treinam, treinam, treinam e treinam e na hora do jogo, nem sempre dá certo, de quem é a culpa?

a - Do jogador que não treinou direito;
b - Do campo que não tinha condições para jogar;
c - Da bola porque não entrou no gol;
d - Vou pedir ajuda ao Milton Neves.


4 comentários:

Anna Flávia. disse...

ashueaahsuhea

culpa da bola que não era quadrada. =P

Gabriel disse...

penso que a culpa é dos jogadores que só fazem isso na vida, não podemos achar outros culpados, a culpa só pode ser deles.

Ulisses disse...

Ele tem é que aprender a aguentar pressão, parar de reclamar e faz gol.

Dan disse...

Como a Dani aqui é pobre e não tem ppv, comecei vendo o jogo do SP, mas tava tão chato que mudei pro do Palmeiras... Tava bem mais interessante ver o "verdão" ficar verdinho de raiva!