terça-feira, 6 de maio de 2008

Calazans e o "romantismo"

Não sei daqui quem mais costuma ler as colunas do Fernando Calazans, do Globo. Além deles, outros jornalistas costumam defender um certo ponto de vista que tenho compartilhado mas só sei dele e do Armando Nogueira, sempre citado em sua coluna.

Calazans passa a impressão para alguns de ser um sonhador, um saudosista, romântico do futebol. Isso porque ele defende que futebol deve se jogar na bola, indo para o ataque, não é afeito a times entulhados de defensores que só defendem, não armam e abomina a tática de faltas feita atualmente.

Acha triste que hoje em dia as pessoas tratem o passado do futebol, em especial do futebol brasileiro, como peça de museu, velharia, sem se lembrar que foi esse passado que deu tanta fama e nome ao esporte no nosso país. Ficou furioso com o descaso dos atuais jogadores da seleção aos campeões de 1958 e se emocionou com a foto que Léo Moura tirou na mesma trave do estádio Azteca em que Carlos Alberto Torres fez o quarto gol do Brasil na final sobre a Itália em 1970. Isso porque Léo Moura mostrou conhecer o esporte, amar sua profissão e sua posição, lateral-direito.

Claro que Calazans sabe que o preparo físico dos atletas de hoje é diferente dos de 40, 50 anos atrás, que o futebol realmente mudou e que se exige bem mais do jogador. Mas não aceita que técnicos se achem acima daqueles que entram em campo, discursando com arrogância e falando difícil. Tudo isso ele fala e ainda faz críticas aos novos jornalistas que não enxergam nada disso.

Enfim, estou falando do Calazans mas eu mesmo, que mal vi o melhor do futebol do Brasil, concordo com muito do que ele diz. Pena que o dinheiro estraga tudo e hoje em dia é mais importante não perder do que ganhar. E aí os técnicos fazem de tudo porque é a cabeça deles que roda primeiro. Hoje os jogadores vão pra Europa e têm que se transformar em armários para ter força de marcação. E nós vamos vendo jogos e Copas do Mundo cada vez mais feios.

3 comentários:

Fc do Cesao!!! disse...

coisa de papai joel... haha
tardelli eh astroo titular já!! ;)

Rafael Garça disse...

Legal a referência ao Calaza!

Faço parte deste time! time de feras que conta também com: Marcio Guedes.

Ulisses disse...

Gosto doCalazans, mas o conheço apenas pela ESPN Brasil. Os comentários ácidos dele são ótimos e acho que se deve valorizar o futebol do passado. No jogo do Brasil onde se comemorava 50 anos do título de 1958 os jogadores do Brasil mal sabiam quem jogou naquela época. Uma lástima.