domingo, 15 de junho de 2008

Futebol e Música.

Em 1972 Jorge (até então Ben, hoje Benjor) empolga a nação flamenguista com seu Fio Maravilha.
"Fio Maravilha... nós gostamos de você!"
Mais recentemente, os mineiros do Skank lançaram a música que explica muito sobre aqueles que, como nós, são loucos por futebol - 'Uma partida de futebol'.
Fora essas óbvias, achei esses dias nas minhas coisas mais 3 músicas.
Aqui em Curitiba, o Boi Mamão, ícone da minha adolescência tocava Hooligan e no meio da letra uma referência a um antigo ídolo Coxa-branca. O ponta-esquerda Lela. Campeão Brasileiro em 85. Pai do Richarlyson.
Do Rio Grande do Sul: Em Rancho, o Graforréia Xilarmônica canta:
"Mas se você quiser tomar limonada comigo,
convide a Xuxa e o Bonamigo..."

O Bonamigo em questão é Paulo Afonso Bonamigo, jogador gaúcho, agora técnico da Ponte Preta.
E também do Rio Grande, os loucos do Aristhóteles de Ananias Jr. cantavam 'Grenal do Amor'.

"A cabeça está no norte
e os pés estão no sul
as artérias são vermeia
e as veia são azul
sua paixão era tão forte,
seu amor era incomum
entrou bola, saiu bola e acabou em um a um
eu te amo e tu me amas,
você quer, eu também quero
nosso caso amoroso,
um sabor tão saboroso,
zero a zero?
Quem é que ganha?
Quem é que perde?
No grenal do amor... no grenal do amor...
44 minutos do segundo tempo
você tirou o time de campo
sem dar satisfação
posso até ver nos seus olhos o arrependimento
pedindo que eu lhe conceda uma prorrogação..."

Enfim.
Alguém lembra de mais???

3 comentários:

Anna Flávia disse...

1977.
O telefone toca...
Era o Presidente convocando Paulinho para cumprir seu "dever covico".
Caminho feito. Ordens não se discute.
Chegando ao local vo-se logo que o clima e de desafogo.
Não há muito o que dizer a não ser sacar do instrumento e cantar o seu refrão junto aquela multidão que abradada chora e ri ao mesmo tempo.

"Ah! Corinthians cachaça do torcedor
colorido em preto e branco
sem preconceito de cor.

Ah! Corinthians se tu és o vencedor
pobre fica milionário
rindo da própria dor."

Do Paulinho Nogueira.

Flávio F. disse...

Jorge Ben fez várias músicas falando de futebol, entre elas "Cadê o Pênalti?", que o Skank regravou, "Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)", "Zagueiro", "Camisa 10 da Gávea", "Goleiro (Eu Vou lhe Avisar)", que a Gal Costa também gravou, "Roberto Corta Essa", "O Nome do Rei é Pelé".

Outros artistas: Bebeto - "Praia e Sol", Chico Buarque - "O Futebol", Novos Baianos - "Só se Não For Brasileiro Nessa Hora", Jackson do Pandeiro - "Um a Um" (também gravada pelos Paralamas), Pixinguinha - "Um a Zero".

Gabriel disse...

Lembro de uma música do Engenheiros do Hawaii - Anoiteceu em Porto Alegre - em que eles colocam a narração do Grêmio FBPA, sendo campeão da libertadores e depois sendo campeão do mundo...a música é du caraio...e outra é do DJ Dolores - O medo do artilheiro na hora do penâlti - é doida também
Na verdade o legal desses sons é a mistura da música com a narração.