quinta-feira, 17 de julho de 2008

Torcedor desiludido

O que vai sobrar do futebol brasileiro? Ou do futebol mundial?

É o que eu me pergunto vendo a notícia de que Marcinho vai para o Al Jazira dos Emirados Árabes. E quem é Marcinho? Atual artilheiro do Campeonato Brasileiro na sua 11ª rodada. No início da semana o Flamengo quase perdeu o técnico Caio Jr. E quem é Caio Jr? O técnico do time que é líder do Campeonato Brasileiro na 11ª rodada, e só. Não ganhou nada ainda e chegou ao clube depois de ter conseguido perder o Campeonato Goiano com o Goiás, mas recebeu proposta milionária do Qatar.

Antigamente os clubes estrangeiros levavam os craques. Passaram a levar as promessas e agora levam os meia-boca e até os técnicos. Antigamente esses craques iam para a Itália, Espanha. Hoje vão para Alemanha, Rússia, Japão, Qatar.

Se um jogador sonha atuar por um grande clube europeu eu até entendo, é como um jornalista querer trabalhar em um grande jornal, paixão pelo time à parte. Clube na Europa ainda dá projeção até para a Seleção. Afinal, o reserva de um clube europeu não é titular na seleção?

E os clubes brasileiros vão ficando cada vez mais sem recursos para lutar para manter seus jogadores, não tem como competir com os euros, manter time, ganhar títulos e ganhar dinheiro.

Haja sócio e torcida pra sustentar.

O que tem nos restado então? Torcer por times meia-boca, com jogadores esperando uma chance de ir atrás de altos salários. Então esses jogadores perdem o interesse de jogar pela Seleção pois as convocações atrapalham os compromissos com seus clubes. Vemos uma seleção fazendo vergonha com jogadores desinteressados em campo. Podemos ver as seleções européias então? Não sei pois os jogadores nativos têm pouca chance nos clubes locais, verdadeiras legiões estrangeiras.

Nos restam esses clubes europeus, com estrelas mundiais, jogando em busca do próximo contrato milionário.

2 comentários:

Anna Flávia disse...

É verdade, Murdock. A situação piora a cada campeonato. Um absurdo.
E vai nos restar é isso mesmo, torcer por clubes europeus, recheados de jogadores de outros continentes.

Beijo

Jorge Henrique disse...

breve nao teremos mais clubes brasileiros de futebol para torcer. vao vender a marca 'flamengo', 'corinthians' 'palmeiras'... tudo por dinheiro.