sexta-feira, 6 de março de 2009

O retorno do Baixinho

O Baixinho está a espera de um acordo com o América, clube de coração de Seu Edevair, pai do ex-jogador. Romário declarou estar a espera de que o clube arrume algum patrocínio que arque com os seus salários. Romário então, assinaria com o clube rubro por 5 anos, onde ocuparia um cargo ainda não definido, responsável pela captação de patrocínios maiores. Romário participaria também na indicação da nova comissão técnica e do novo time do América, que luta para retornar a elite do futebol carioca.

Na minha opinião, uma escolha sensata, visto que o Baixinho, apesar de polêmico, nunca foi pego em situações embaraçosas no que se diz respeito a sua conduta como pessoa, além do que, de futebol, ele não precisa provar pra mais ninguém que entende demais.

- Kaká, Ronaldinho Gaúcho e Robinho são nomes ideais para o América (risos). Mas a gente não tem dinheiro. Não aceito que no dia cinco o clube não tenha dinheiro para pagar. Isso é ridículo. Passei por isso nos últimos dez anos. Fora o Flu, passei por isso no Vasco e no Fla. Declarou Romário.

Postura de quem já sofreu nas mãos de dirigentes que prometem mais do que podem cumprir.

3 comentários:

Anna Flávia disse...

acho que pode dar certo!

Conceição Duarte disse...

Querido lí seu comentário para o nosso mestre, e ele acredita que ele deva jogar no time que sempre foi a paixão de sua vida.

Ele deve conseguir... Ele consegue tudo!

Muito bom.
Bjus CON DUARTE

Gabriel disse...

não creio nisso....volta nada...