quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O fim do Clube dos 13?

Em 1987, como resposta à CBF que dizia não ter como organizar o Campeonato Brasileiro, os maiores clubes do país se organizaram na formação de uma liga. Foi fundado o Clube dos 13 que organizou a Copa União trazendo patrocínio para diversos clubes, direitos de TV e um campeonato lucrativo. A CBF cresceu o olho, inventou regras e o resultado todo mundo sabe. A chance que o futebol brasileiro teve de dar uma virada foi jogada fora e de lá pra cá a única função do Clube dos 13 é negociar os direitos de transmissão da TV, uma grana fortíssima e onde tem grana, todo mundo cresce o olho, especialmente no Brasil.

Ano passado se viu uma pressão do presidente da CBF para eleger seu candidato, Kléber Leite, para a presidência do Clube dos 13. São Paulo e Flamengo foram pressionados com a história da Taça de Bolinhas, a ser dada para o primeiro clube que ganhasse cinco vezes ou três vezes seguidas o Campeonato Brasileiro. O Flamengo reivindica este mérito desde 1992 mas como a CBF não reconhece o título de 1987 o São Paulo passou a ter direito ao troféu em 2007. Curiosamente a taça não era entregue a ninguém desde 1992.

Agora o presidente do São Paulo, na luta para se reeleger apesar da enorme corrente contra, pisa em cima do que assinou em 1987 ao fundar o Clube dos 13 e busca a famigerada taça na sede da Caixa Econômica Federal. O Flamengo do seu lado contava com uma liminar impedindo tal entrega e o presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, disse que ficará ao lado do rubro-negro nessa disputa, honrando o compromisso de 24 anos atrás. Correndo por fora o Corinthians, que votou em Kléber Leite, estaria disposto a liderar um racha no Clube dos 13.

Aí está o resultado de tanta falta de ética do Brasil, refletida no seu esporte mais popular.

Para saber mais:

http://ocronistaesportivo.blogspot.com/2010/12/voce-sabe-o-que-e-o-asterisco.html

http://blogdojuca.uol.com.br/2011/02/sinuca-de-bico/

http://blogdojuca.uol.com.br/2011/02/os-dois-passos-em-falso-de-juvenal-juvencio/

3 comentários:

Anna Flávia disse...

Absurdos e mais absurdos. E eu não sei se tem mais jeito.

Vanessa disse...

Futebol assim, deixa de ser arte e passa ser comércio... tudo tem que envolver dinheiro e política, né?!
:(

Í.ta** disse...

uma zona, desde sempre.

abraços.