segunda-feira, 12 de maio de 2008

Primeiro gol de goleiro

Hoje em dia, goleiro fazer gol de falta ou pênalti é algo normal, mas você sabe quem foi o primeiro goleiro a fazer um gol?

Os livros não contam, mas Oceania, do Juventus - SP, pode ter sido o primeiro.
O Juventus enfrentava o São Bento, pelo Torneio Luiz Portes Monteiro. O jogo estava 1x1. Depois de fazer uma defesa, o goleiro Oceania dá um chutão para a frente, tentando fazer com que a bola chegue ao atacante Nicolau. Com a ajuda do vento, a bola sobe demais, e, de repente, cai em direção ao gol. O arqueiro do São Bento ainda toca na bola, mas não consegue impedir o gol. Porém, de acordo com registros mais confiáveis, o primeiro goleiro a marcar um gol foi o flamenguista Ubirajara, em 1970.
Depois de encerrar a carreira, Oceania virou pintor da Volkswagen. E, hoje em dia, o ex-goleiro acompanha o sãopaulino Rogério Ceni (foto), o mais famoso dos goleiros artilheiros.

Créditos:Revista Placar

6 comentários:

Anna Flávia. disse...

falta só o Felipe, ashuheae.

Thiago Forrest Gump disse...

Essa eu não sabia mesmo!

Lulu on the Sky® disse...

Grande post Gabriel.
Big Beijos

Lokocolorado disse...

Ola pessoal primeira vez q venho aki, quero agradecer a visita em meu blog, sempre que kiserem podem aparecer e comentar pois tbm sempre estarei aki, agora é tudo Copa do Brasil pra nós Vamu Vamu Inter.

Um abraço a todos

Breiller disse...

Muito maneiro o blog de vocês, apesar de ser meio corintiano. Brincadeira, tanto que houve até uma tentativa de descorintianização. Hehe

Ha um hall de goleiros que marcaram gols na história do futebol. Mas, sem dúvidas, o primeiro a ser devidamente notado foi o Chilavert. Depois, Rogério Ceni assumiu, com sobras, o posto do paraguaio. Sempre que lembrarem de gol de goleiro, ou goleiro-artilheiro, lembrarão desse que é, além de grande exemplo de atleta, um jogador de raras simplicidade e inteligência, tão pouco recorrentes no meio futebolístico.

Abraços a toda a equipe do blog!

Tatiana disse...

Que nada, o primeiro gol de goleiro, foi do Navarro, do Noroeste de Bauru, a revista devia entrevistar ele, pois tem os recortes de jornal da epoca.