sábado, 14 de junho de 2008

O adeus de um ídolo

Depois da saída de Abel Braga e Iarley, o Colorado perde mais um jogador: Fernandão. Ele recebeu uma proposta irrecusável do Al-Gharafa, do Qatar, onde o treinador é o brasileiro Marcos Paquetá. O contrato com seu novo clube é de dois anos, e o jogador já garante aos torcedores do Inter que voltará.
O presidente do clube, Vitório Piffero, promete que irá repor a perda do atacante.

Em quatro anos de Beira-Rio, Fernandão conquistou seis títulos: o Mundial, a Libertadores, a Recopa, a Copa Dubai e dois Gauchões.
Ele, certamente, não é o melhor jogador que o clube já teve, mas é um dos mais importantes. Era o maior ídolo da torcida atualmente, e sua saída representou um choque, tanto para o clube quanto para a torcida. A nação Colorada só tem a agradecer ao atacante.

4 comentários:

Gabriel disse...

o pior de tudo é o nosso futebol perder um jogador desses para o Qatar....pusta merda....o pior de tudo eh isso...

Anna Flávia disse...

Concordo com o comentário do Gabriel.
E achava/acho o Fernandão a cara do Internacional.

Pitanga disse...

O Fernandão ir para o Qatar é mesmo algo triste para os torecdores do Inter.

O cara fazia cada gol de cabeça...

Beijos Doces,

Pitanga

Anna Flávia disse...

uma observação só percebida agora, o Fernandão ficou muito melhor com o cabelo curto. 'muito melhor' no quesito beleza. =)